As mais belas canções da liturgia judaica para aprender hebraico

Há muitas maneiras de aprender hebraico. Há centenas de coisas que você pode fazer para se tornar fluente na língua dos seus antepassados, e ter todo o vocabulário que você precisa para, por exemplo, conduzir uma reunião. Existem várias formas de você responder, de forma segura, sem pestanejar, à pergunta: “Você fala hebraico?”.

Nos próximos parágrafos, vamos passar por uma caminhada espiritual para adicionar novas palavras hebraicas espirituais ao seu vocabulário. Hoje, vamos mostrar algumas das mais belas canções litúrgicas judaicas para que você possa aprender esta língua antiga, e se reconectar com a sua espiritualidade.

Está escrito tanto na Torá quanto no Talmude que a música feita espontaneamente era muito comum entre os judeus antigos, especialmente durante momentos importantes. Os primeiros instrumentos que foram usados, de acordo com a Bíblia, foram algo semelhante ao violino, à flauta, e, claro, o Shofar.

Mas quando a produção musical se conectou a essas letras espirituais e bíblicas? Algumas pessoas dizem que após a destruição do segundo Templo de Jerusalém, o judaísmo mudou sua forma de conexão com o divino, passando de sacrifícios para a oração.

Está pronto para ouvir algumas das mais belas canções das sinagogas judaicas? Fique confortável, respire fundo, e vamos ouvir algumas delas.

As mais emocionantes canções litúrgicas para te ajudar a aprender hebraico

Quando fazemos as coisas com o coração, o resultado geralmente é bem-sucedido. Como poderíamos usar o coração ao aprender uma língua antiga? Uma maneira eficaz poderia ser adicionar alguma espiritualidade ao processo.

Já falamos sobre as origens da música litúrgica judaica e, para ir direto ao ponto, queremos mostrar algumas das mais tocantes melodias judaicas. Estão prontos? Só por precaução, já pegue alguns lenços…

1. Vehi Sheamda – Gastón Saied

Gaston Saied é um cantor maravilhoso que trabalha numa grande comunidade judaica em Buenos Aires. Em sua voz cheia de louvor, Gastón Saied canta Vehi Sheamda.

Esta é uma passagem que faz parte da Páscoa Hagadá e fala sobre Deus salvando o povo de Israel de todos os Seus inimigos.

Existem várias melodias para cantar esta passagem, e a escolhida por Gaston Saied é verdadeiramente reconfortante. O talentoso músico litúrgico Adrian Mirchuk se junta a ele no piano.

2. Oseh Shalom – Beit Tefilah Israeli

Mencionamos esta sinagoga quando falamos das sinagogas mais inspiradoras de Israel, você se lembra? Esta canção, uma parte muito importante de todas as orações judaicas, é executada por um grupo de cantoras femininas incrivelmente talentosas.

O texto da “oração pela paz”, é uma oração hebraica muito conhecida da liturgia judaica. Já tinha ouvido antes?

3. Lecha Dodi – com alguns dos melhores cantores israelenses

Lembra de quando falamos sobre Safed e as origens do misticismo judaico? Bom, a comovente letra de Lecha Dodi foram escritas como um poema, no século XVI, por Shlomo Alqabetz, em Safed.

Era uma tradição dos místicos judeus receber o Shabat com danças e canções. Eles costumavam se vestir de branco e sair para as ruas desta incrível cidade do norte para orar, dançar e cantar palavras como as usadas em Lecha Dodi.

Gostaria de viajar no tempo e juntar-se à alegre dança deles, para dar as boas-vindas ao Shabat?

Esta versão do Lecha Dodi é interpretada por alguns dos melhores cantores israelenses de todos os tempos.

4. Avinu Malkenu – Barbara Streisand

Avinu Malkeinu é uma oração judaica recitada durante os cultos judaicos, desde o Rosh Hashanah (o ano novo judaico) até o Yom Kippur (o dia do perdão).

Avinu Malkenu refere-se à figura de Deus como nosso pai e nosso rei. Como mencionamos em outros artigos, Deus tem mais de 70 nomes diferentes na Bíblia e referir-se a Ele como pai ou rei são apenas duas das várias formas pelas quais as pessoas podem se relacionar com a divindade.

Esta versão de Avinu Malkenu, interpretada por Barbara Streisand, pode fazer você chorar, se reconectar ou simplesmente desfrutar de uma bela voz cantando uma bela música. E aí, o que me diz? Clique logo no link para dar o play!

5. Mi Sheibarach – Debbie Friedman

Debbie Friedmann é uma das mais elogiadas e celebradas compositoras modernas da liturgia judaica. Seu trabalho é muito comovente, e muitas de suas versões das passagens judaicas tradicionais são usadas em sinagogas em todo o mundo.

Esta versão do “Mi Shebeirach” é comovente, emocional e cheia de louvor.

De acordo com o JewBelong, o Mi Shebeirach é uma das orações judaicas centrais para aqueles que estão doentes ou se recuperando de doenças ou acidentes. Eles mencionam que, com uma visão holística da humanidade, esta oração também inclui os aspectos importantes da cura espiritual, pedindo bênção, compaixão, restauração e força.

O hebraico está sempre por perto, por todos os lados! Aprenda hebraico hoje mesmo.

Aprender hebraico nunca foi tão fácil. Com os cursos de hebraico oferecidos pelo Instituto de Hebraico Rosen, você poderá dominar a língua da liturgia judaica em um piscar de olhos.

É hora de aprender a língua israelense de seus antepassados em um ambiente cheio de apoio, conduzido por alguns dos instrutores mais bem treinados disponíveis.

Sempre quis aprender hebraico? Então não espere mais. A hora é agora.

Inscreva-se para receber nosso boletim

Aprenda gírias do hebraico, faça um passeio virtual por Israel, descubra a melhor comida local e muito mais

Campo obrigatório
Campo obrigatório

Sobre o autor

Arie Elbelman R.Arie nasceu e cresceu no Chile e imigrou para Israel aos vinte e poucos anos de idade. Ele quer assumir um papel ativo no desenvolvimento desse país jovem e inteligente. Arie acredita que a melhor maneira de moldar nosso presente e futuro é viver com hierarquias mais horizontais, sorrir muito e sempre, sempre respeitar um ao outro.

Talvez você também se interesse em:

A Presença Hebraica Na Herança...

Por Arie Elbelman R.

Cores Em Hebraico: Um Arco-íris...

Por Arie Elbelman R.

Join the conversation (No comments yet)

Leave a Reply